Entenda o que são e como funcionam os cursos técnicos no Brasil!

 

CURSO  TÉCNICO;  SOLUÇÃO PARA  QUEM  QUER   ENTRAR  NO MERCADO  DE  TRABALHO

Muita gente fica confusa quando ouve o termo Curso Técnico.
Será que é a mesma coisa que graduação?
A mesma coisa que uma faculdade?
Porque ele dura menos tempo?

A resposta é simples: Não, os cursos técnicos não são a mesma coisa que uma faculdade, eles são uma categoria especial do Sistema de Ensino Brasileiro.

Ao contrário da Universidade, que dá uma visão ampla de conhecimento permitindo a formação, por exemplo, de pesquisadores ou cientistas, o objetivo de um curso técnico é outro: formar pessoas para o Mercado de Trabalho.

Por esse motivo os cursos técnicos são muito mais focados em prática que as faculdades ( muitos inclusive são 100% práticos ). Seu objetivo é formar TÉCNICOS.

Os cursos técnicos estão em um nível entre o Ensino Médio e o Ensino Superior. Eles podem inclusive ser feitos após o Ensino Médio ou então substituir essa etapa, integrando as disciplinas práticas com as matérias do ensino médio em um só curso.

No Brasil, os cursos técnicos estão divididos em 3 categorias básicas:

 

CURSO  TÉCNICO  INTEGRADO

Curso Técnico Integrado substitui parcialmente o Ensino Médio e pode ser iniciado logo após o aluno finalizar o Ensino Fundamental e fazer o primeiro ano do Ensino Médio.
Ao concluir um curso técnico integrado, o estudante recebe o certificado de conclusão do ensino médio e o certificado de conclusão do curso técnico escolhido.

CURSO  TÉCNICO  EXTERNO, OU  CONCOMITANTE

Como o próprio nome já diz, o Curso Técnico Externo acontece SEPARADO  DO ENSINO  MÉDIO;  ele é feito em paralelo.
Para iniciar o Curso Técnico Externo, o primeiro ano do Ensino Médio deve estar concluído.
No caso deste tipo de formação o aluno pode, por exemplo, fazer o Ensino Médio de manhã e o curso técnico à tarde.

 

CURSO  TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE OU  SUBSEQUENTE

Curso Técnico Profissionalizante é uma opção para quem já fez todo o Ensino Médio e mesmo assim ainda quer fazer um curso técnico.

É uma boa opção para quem quer entrar rapidamente no Mercado de Trabalho ( mais rápido que uma faculdade ), embora tenha a vantagem de durar menos tempo, a desvantagem do curso técnico profissionalizante em relação a faculdade é que a formação é mais simples.

 

EIXOS  TECNOLÓGICOS  DOS  CURSOS  TÉCNICOS

 No Brasil, os cursos técnicos estão divididos em 13 áreas, ou EIXOS  TECNOLÓGICOS:

  1. Ambiente e Saúde
  2. Controle e Processos Industriais
  3. Desenvolvimento Educacional e Social
  4. Gestão e Negócios
  5. Informação e Comunicação
  6. Infraestrutura
  7. Militar
  8. Produção Alimentícia
  9. Produção Cultural e Design
  10. Produção Industrial
  11. Recursos Naturais
  12. Segurança
  13. Turismo, Hospitalidade e Lazer